fbpx
Scroll to top

Segurança cibernética na nuvem


Josué Adil - - 0 comments

Conheça maneiras de garantir que a nuvem não lance uma sombra sobre sua segurança cibernética

A transformação digital acelerada pela pandemia significa mais demanda por serviços em nuvem.

O aumento da complexidade da computação em nuvem abriu mais brechas de segurança. Assim a cibersegurança tradicional deve ser complementada por soluções nativas da nuvem.

Já estamos há mais de um ano na pandemia do coronavírus, que transformou a maneira como conduzimos os negócios. Para muitos, já se passou um ano desde que entraram no escritório ou em um avião e mesmo assim os negócios continuaram e a transformação digital acelerou.

A transformação digital já ocorre há anos, mas a pandemia forçou a mão de muitas organizações, pois mudaram a forma como operam e fornecem valor aos clientes. Por sua vez, essa mudança significou um aumento da demanda por computação em nuvem, que fornece a maioria das bases, ferramentas e infraestrutura.

Esse modelo permite que as empresas se concentrem na excelência de seus próprios negócios. Enquanto deixam a sobrecarga de seus elementos de negócios não essenciais, como infraestrutura, plataformas e software, para os fornecedores de nuvem.

Essa mudança proporcionou às organizações os seguintes benefícios.

  • A natureza dos serviços em nuvem permite que as empresas paguem apenas pelos recursos que usam, seja IaaS, PaaS ou SaaS.  Portanto, este pagamento baseado em serviço fornece às organizações a capacidade de mudar do modelo de negócios de despesas de capital para despesas operacionais. O que, muitas vezes, resulta em economias de custo significativos para segurança cibernética na nuvem.
  • Escalabilidade, em que as capacidades de computação, rede e armazenamento podem ser aumentadas e diminuídas quase infinita e quase imediatamente em resposta às flutuações na demanda.
  • Agilidade , em que os desenvolvedores podem fazer melhorias contínuas nos aplicativos e esses aplicativos aprimorados podem ser implantados nos clientes várias vezes por dia.
  • Disponibilidade, recuperação de desastres e redundância são aprimoradas por fornecedores de nuvem que oferecem garantia de serviço para disponibilidade de recursos de computação.

No entanto, mesmo com todos esses benefícios, a rápida transformação abriu muitas brechas de segurança para as organizações. Na verdade, alguns líderes mundiais no espaço da cibersegurança, incluindo o Fórum Econômico Mundial. Que prevêem que esse movimento rápido e não planejado resultará em uma ciber pandemia no futuro. 

Um relatório recente de segurança na nuvem mostrou que 66% dos entrevistados acreditam que as soluções tradicionais de segurança não funcionam ou têm funcionalidade limitada. 

Para estar preparado para os vetores de ataque de amanhã, você precisa usar soluções nativas da nuvem para proteger suas implantações de nuvem. Decerto para que possam atender aos requisitos de computação em nuvem dinâmicos e escalonáveis. 

Dado como o crescente cenário de ameaças prejudica os benefícios de uma maior adoção da nuvem para a segurança cibernética na nuvem.

 

Aqui estão cinco estratégias que você pode implementar em sua organização para se proteger agora e no futuro

1. Consulte 

Um consultor de segurança em nuvem confiável para se beneficiar das práticas recomendadas do setor e incorporar a segurança em nuvem ao design.

As configurações incorretas de segurança na nuvem expõem as organizações a ameaças de segurança em nuvem arriscadas e caras. Salvo que causam perigo real muito antes que a ameaça possa ser gerenciada. 

Se certifique de trabalhar com um profissional totalmente treinado nessas ameaças e que possa ajudar a implementar a melhor solução possível para proteger o seu ambiente.

2. Ferramentas 

Ferramentas de nuvem de prevenção de ameaças consolidadas. A segurança em nuvem é muito mais complexa do que a segurança local tradicional.  Porque, em vez de um perímetro, o link de rede que conecta sua empresa à Internet, agora você tem vários perímetros. 

Incluindo cada serviço de computação em nuvem, cada funcionário e função de acesso acessando esses serviços. Assim, a cada novo armazenamento de dados e a cada carga de trabalho diferente ou aplicativo operando na nuvem. 

Embora cada provedor de nuvem tenha seus próprios serviços de segurança, existem milhares de fornecedores terceirizados que oferecem soluções de segurança de nuvem. Cada uma dessas “soluções pontuais” adicionais em sua organização tem requisitos de pessoal, treinamento, implantação, integração e manutenção em segurança cibernética. 

Mais soluções pontuais causam um aumento exponencial na complexidade. Aliás avalie as soluções de segurança em nuvem que cobrem a mais ampla gama de recursos, em vez de várias soluções com funcionalidades mais restritas. 

Enfim, isso lhe dará uma gama mais ampla de segurança com menos para gerenciar.

3. Centralize a visibilidade. 

A visibilidade é particularmente importante na segurança da nuvem, porque você não pode proteger o que não pode ver. Contudo, com tantos recursos diferentes em execução em várias nuvens públicas e privadas, a visibilidade se torna um problema ainda maior. 

Implemente uma solução de segurança em nuvem que também forneça ampla visibilidade em todos os seus ambientes e aproveite a IA e o aprendizado de máquina. Sobretudo para permitir que você tome medidas em relação aos alertas importantes. Portanto essa integração também ajudará a identificar pontos cegos onde os hackers costumam se esconder.

4. Exercite

Realize exercícios regulares de gerenciamento de risco para todas as soluções de segurança em nuvem possíveis e impossíveis. Ou seja, a recuperação de desastres é o novo normal. 

Consulte o exemplo de Gas South, que sofreu com quedas de energia e precisava garantir acesso remoto escalável e seguro para seus funcionários de call center ao seu provedor de nuvem. 

Eles ficaram muito satisfeitos por poderem oferecer a seus funcionários o benefício de trabalhar um dia por semana em casa. Então a pandemia do coronavírus atingiu e mandou todos os funcionários para casa de qualquer maneira. Realize testes de estresse para garantir que a implantação realmente seja dimensionada com segurança, sem impedir o desempenho.

5. Não confie em ninguém. 

Adote segurança de confiança zero em tudo o que você faz, para redes, pessoais, dispositivos, dados e cargas de trabalho. Seja como for se certifique de que haja perímetros de segurança em torno de cada uma dessas áreas. Nesse sentido, que sua organização esteja apenas concedendo acesso com base em permissões mínimas e níveis de privilégio para seus funcionários e aplicativos.

Agora me diga se esse não é um assunto muito intrigante que até parece coisas de FILMES HACKERS.

 

A computação em nuvem tem que reavaliar as práticas de cibersegurança.

Descubra por que a computação em nuvem está levando os profissionais de segurança de TI a reavaliar suas práticas internas de segurança cibernética. Bem como os recursos fornecidos por provedores de serviços gerenciados.

Olhando para trás, podemos nos perguntar como conseguimos viver sem a computação em nuvem. Assim a computação em nuvem tem, e continuará a ser, uma tecnologia inovadora na forma como transforma a maneira como usamos a Internet.

Junto com a computação em nuvem, os avanços na tecnologia de microprocessador estão alterando nosso conceito de computação. À medida que as velocidades do microprocessador aumentaram, também aumentaram a densidade e a velocidade da memória.

Quanto à forma como a nuvem está sendo aproveitada, o malware que já foi o fornecedor de programadores de elite do Darkside. Todavia, agora está disponível para qualquer um que esteja disposto a pagar por ele e uma plataforma de entrega. 

Isso está dando uma pausa aos profissionais de segurança cibernética. Tanto que estão revisitando suas práticas internas de segurança cibernética, bem como os recursos fornecidos por provedores de serviços gerenciados.

O “repensar” pelos responsáveis ​​pela cibersegurança de uma empresa é importante agora mais do que nunca. Pois os números fazem sentido para as empresas migrarem suas plataformas de negócios para a nuvem. 

Mais importante, sua empresa ou clientes precisam não apenas estar cientes desse vetor de ataque. Mas também estar preparada para se adaptar a esse cenário de ameaças em constante evolução, na segurança cibernética na nuvem. 

É mais do que apenas uma boa prática tecnológica está se tornando essencial para limitar a responsabilidade legal.

 

Como mitigar os riscos de segurança relacionados à nuvem

Equilibre a operação eficiente com a otimização da segurança, a integração da infraestrutura de terceiros pode ser boa do ponto de vista do desempenho. Mas terrível do ponto de vista da segurança. 

Isso é ainda mais importante quando a infraestrutura de terceiros é integrada à plataforma. 

Contudo, infelizmente, pode haver tensão entre TI, corporativo e jurídico quando se trata de implementação.

A segmentação da rede é uma coisa boa, a segmentação da rede é vital. A segmentação adequada de redes teria ajudado a limitar os privilégios e interromper o salto ao longo desse vetor de ataque em seu caminho. 

A segurança cibernética na nuvem é o caminho vital para o online em todo o mundo.

Ao segmentar informações confidenciais em outros servidores virtuais se tornará muito mais difícil para os hackers obterem essas informações em primeiro lugar. Portanto, outra consideração importante é limitar o acesso lateral aos serviços da plataforma, o que deve reduzir a responsabilidade pela segurança dos dados.

A criptografia de dados é sua amiga, por enquanto criptografar dados é um acéfalo e incorporar deve ser especialmente considerado ao usar serviços em nuvem. Pois limita a exposição e responsabilidade dos dados. Dito isso, existem fatores que dificultam o uso da criptografia de dados.

A criptografia pode nem sempre estar disponível para o aplicativo ou ser viável do ponto de vista do desempenho do usuário e os tempos de acesso são afetados negativamente.

 

Conclusão

Para saber mais sobre as certificações e esse mundo tão instigante da cibersegurança acesse ACADI-TI.

Os especialistas em segurança cibernética alertam que a computação em nuvem apresenta ainda mais riscos, pode ser hora de prestar atenção.

Dessa forma fique atento a tudo que foi exposto nesse artigo, pois a melhor maneira de se prevenir é ter conhecimento sobre o que está acontecendo. 

E se você quiser fazer parte da elite do mercado de cibersegurança, junte-se a nós e venha ser um Acadiano.

Para continuar sempre bem informado sobre os principais assuntos em segurança da informação siga nosso blog e acompanhe todas as notícias.

TREINAMENTO E CERTIFICAÇÃO CHFI – CERTIFIED COMPUTER HACKING FORENSIC INVESTIGATOR

Treinamento autorizado EC-Council

Related posts

Open chat
Fale conosco
Olá
Como podemos te ajudar?