fbpx
Scroll to top

A importância do Backup para a segurança da informação no seu negócio


Josué Adil - - 0 comments

Só quem já perdeu dados importantes sabe a importância de ter uma cópia de segurança, o chamado Backup. Muitas vezes,  eles se perdem em virtude de falhas no sistema, de formatações, de arquivos deletados por acidente ou até mesmo pela infelicidade de uma máquina estragar sabe a importância.

Para uma empresa, a perda de dados pode significar muito mais que uma frustração, mas sim prejuízos enormes. Para saber como proteger bem seus dados, conheça agora um pouco mais sobre Backup  e como utilizá-lo adequadamente.

 

O que é Backup?

Já imaginou perder todos seus registros financeiros, banco de dados de clientes ou até mesmo lançamentos do seu estoque? Isso geraria muita dor de cabeça! A notícia boa é que a automação dos Backups minimiza expressivamente estes riscos.

Considera-se Backup qualquer cópia de segurança, quer seja feita em outro dispositivo, como HDs externos, pendrives ou na nuvem. A finalidade do Backup é a recuperação de dados para restaurar informações em caso de perda dos arquivos originais, ou em caso de acidentes operacionais com os equipamentos.

 Por essa razão, é recomendado que façamos Backups recorrentes tanto no ambiente profissional o quanto em nossos arquivos de uso pessoal (documentos de computador, fotos do celular, entre outros).

Mini curso de Proteção de Dados

Gratuito e 100% online

Qual a importância do Backup para os negócios?

A importância do Backup está na proteção contra o risco de perda de dados e informações. Essa importância aumenta proporcionalmente em relação ao valor das informações a serem protegidas. Assim, os Backups passam a ter relevância muito maior em empresas que trabalham com dados e informações sensíveis, como dados bancários e dados pessoais de clientes.
Atualmente, realizar cópias de segurança é uma atividade muito mais simples e acessível, devido à diversidade de recursos que a tecnologia disponibiliza. Nesse tocante, a estratégia de centralizar os Backups em um único ambiente pode trazer muitas vantagens para seu negócio, pois o acesso às cópias de segurança torna-se mais ágil, otimizando o tempo de restauração em casos emergenciais.
Outro fator importante a considerar, é a proteção das cópias de segurança. Levando em conta os crescentes casos de ataques virtuais e a nova LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que entra em vigor em 2020, proteger os dados salvos com recursos como criptografia ou com Blockchain são estratégias importantíssimas.

Como automatizar os processos de Backup e aumentar a segurança?

O Backup manual sempre oferece mais riscos, pois está sujeito à falhas humanas diversas, como esquecimento, armazenamento indevido ou até mesmo conhecimento técnico insuficiente. Além disso, toma muito tempo e reduz a produtividade operacional.
Por isso, as melhores práticas recomendam automatizar os Backups, de modo que ocorram de forma recorrente, respeitando as especificidades e regras do seu negócio.
Há diversas ferramentas ou softwares de automação Backup são úteis no mercado, que oferecem, além da programação das cópias, a criptografia dos dados, dando maior transparência e segurança para você confiar seus dados a um sistema.

Como funciona o Backup em Nuvem

Nos últimos anos, o uso da Cloud (nuvem) para Backups, recuperação e restauração tornou-se mais seguro, confiável e econômico. Reduz os riscos de perda de dados, os custos com hardwares e o espaço físico necessário para armazenar essas informações.
O Backup em nuvem propõe a automatização das rotinas de cópias de segurança. Para utilizar este método, deve-se antes fazer um diagnóstico que aponte o espaço de armazenamento que será necessário, pois é isso que contratos em nuvem levam em conta.

Para uso doméstico, os serviços de nuvem mais usados, como Dropbox, Google Drive e Onedrive. Já para empresas, são necessários serviços mais sofisticados como o Azure da Microsoft, o Amazon Web Services, o Google Cloud Platform, entre outros, que automatizam o Backup.
Dependendo do sistema de backup utilizado, os dados serão automaticamente armazenados e protegidos na nuvem e poderão ser recuperados sempre que necessário.

Backups Full, Incremental e Diferencial

Para identificar qual o melhor método para sua empresa, é preciso avaliar a política de backups que você escolheu implementar. Cada metodologia possui suas vantagens específicas, e você deve considerar quais são as mais importantes para o tipo de dados e informações que trata e para o seu modelo de negócio.
Há, basicamente, três as metodologias para armazenamento de cópias de segurança, Full (completo), Incremental e diferencial. Vamos falar um pouco sobre cada um deles.

Backup Full (completo)
É o mais simples e comum de ser usado, consiste em criar uma cópia completa dos dados. Todos os arquivos da sua empresa são atualizados e não apenas os novos ou modificados. Essa metodologia possui a vantagem de haver sempre uma cópia completa de todos os dados do seu negócio, possibilita a recuperação total dos arquivos de maneira ágil. A desvantagem aqui é que ele demanda muito mais tempo para ser feito e muito mais capacidade de armazenamento.

Backup Incremental
É o tipo de backup recomendado para empresas que possuem grande volume de dados. Geralmente ele é realizado após um Backup completo, salvando apenas os arquivos novos ou alterados. É um método que permite maior velocidade na criação de cópias de segurança, levando muito menos tempo que o Backup completo. A sua desvantagem é de que para restaurar o sistema ele necessita, recuperar antes os dados completos e em seguida os incrementais e só então realizar a restauração dos arquivos, levando mais tempo

Backup Diferencial
Esse método é muito semelhante ao Incremental, visto que ele também cria uma cópia dos arquivos alterados. A diferença aqui é que ele realiza uma cópia desde o Backup completo de tudo que foi alterado desde então. Dessa forma, ele armazena mais dados do que o incremental e exige mais espaço e tempo para ser realizado. Sua vantagem é que para restaurar os arquivos ele o faz de forma mais rápida visto que ele usa como referência o último Backup completo. Esse método é ideal para pequenas e médias empresas, devido ao custo de armazenamento dos dados.
Em suma, fica clara a importância de um método adequado de backup instituído junto ao sistema de gestão do negócio, afinal alguns dados são muito valiosos e perdê-los pode gerar muitos prejuízos e até complicações legais. Gostou do artigo? Quer saber mais sobre como proteger seus dados? Conte com a Acadi-TI!

Fale com um de nossos Consultores

Related posts