fbpx
Scroll to top

O que é e como ser um Ethical Hacker?


Josué Adil - maio 6, 2020 - 0 comments

O que é e como ser um Ethical Hacker?

Porque será que o Ethical Hacker é um profissional tão disputado? Segundo um relatório de 2016, feito pela Norton Cyber Security Insights, naquele ano, somente no Brasil, mais de 40 milhões de pessoas sofreram com ataques cibernéticos e com fraudes na internet. Em cifras, esse número representa um prejuízo de cerca de 30 bilhões de reais, entre empresas e pessoas físicas. Este seria um  bom motivo para você?

Levando em conta esses dados fica fácil perceber  porque os profissionais da segurança digital são fundamentais no mundo atual e são caçados pelas grandes empresas. Afinal, estamos falando de duas questões que representam grande risco a qualquer tipo de negócio: segurança de dados e prejuízos financeiros. Por isso, os profissionais que garantem a segurança das operações  online tornam-se cada vez mais indispensáveis.

Dentro desse contexto, os Ethical Hackers tem se dado muito bem e vem sendo muito bem pagos pelos seus serviços de proteção e teste de sistemas. A grande notícia para quem está começando do zero é que você pode ser um  Ethical Hacker sem precisar cursar uma graduação.  

Investindo uma fração deste tempo e desse dinheiro, você consegue se tornar um profissional apto a atender grandes projetos de renome e conquistar uma forte reputação neste mercado. Mas, é óbvio, vai precisar se dedicar em apostar nas formações certas, estando focado em aprender e adquirir experiência a cada boa oportunidade. 

Para ajudar quem tem interesse nessa área, separamos aqui para você tudo sobre as  as principais informações para você conhecer melhor o mercado de ethicak hacker e entender se esta é a profissão do seus sonhos. Confira também, neste artigo, as principais formações que quem está começando do zero deve fazer. Bora lá?

O que é e como ser um Ethical Hacker (1)

 

O que é Ethical Hacker?

Mesmo que os profissionais dessa área sejam requisitados por muitos tipos de empresas, ainda existem alguns desavisados que não conhecem as verdadeiras funções desse cargo, e acabam confundindo o ethical hacker com o cracker (invasor digital criminoso).

De maneira geral, chamamos de Ethical Hacker aquela pessoa que possui muita habilidade com tecnologia, informática, TI e segurança da informação e utiliza este conhecimento para testar a segurança de todo tipo de sistema.

Em um mundo no qual os crimes digitais estão se tornando mais comuns, esse trabalho tende a ganhar espaço e se tornar um dos mais bem pagos do mercado.

A palavra “Ethical” é usada justamente para identificar que o invasor, nesses casos, está trabalhando legalmente, criando novas maneiras de proteger os dados do seu contratante e dando dicas de como melhorar a segurança dos seus sistemas.

Quando uma falha importante é identificada, o hacker pode receber uma verdadeira bolada pelo serviço realizado. Porém, se você ainda está em dúvida do porquê esse profissional é tão bem pago, continue comigo.

Porque os  Ethical Hackers são tão bem remunerados?

Como citamos no começo do artigo, os prejuízos sofridos por golpes relacionados ao cibercrime chegam na casa dos bilhões. O grande motivo disso é o vazamento de dados e informações sensíveis, como dados pessoais, dados bancários e acessos a contas bancárias.

Em um mundo onde quase todas as empresas possuem bancos de dados,  a invasão de um criminoso pode significar uma verdadeira catástrofe para toda a estrutura de um negócio e até mesmo levar uma empresa a falência.

Sendo assim, mesmo que a remuneração recebida pelo ethical hacker seja gigantesca, ela ainda é muito menor do que o prejuízo que a empresa levaria caso sofresse com uma invasão e tivesse que negociar com um cracker.

A melhor parte é que cada vez mais as companhias estão percebendo que precisam garantir a segurança de suas plataformas. Consequentemente, o campo de trabalho para os “hackers do bem” está crescendo cada vez mais.

Ou seja, além de ganhar uma boa grana por cada trabalho, quem atua como Ethical Hacker sempre tem muitas oportunidades de trabalho. Além de prestar um grande serviço protegendo os dados de milhões de pessoas que poderiam ser prejudicadas por falhas de segurança da informação.  Parece ótimo, não é? Então descubra se você possui o perfil que um ethical hacker precisa ter para se dar bem no mercado e o que fazer para conquistar uma bolada nessa área.

TREINAMENTO E CERTIFICAÇÃO ETHICAL HACKER (CEH)

Treinamento autorizado EC-Council

Qual o perfil de um bom Ethical Hacker?

O que é e como ser um Ethical Hacker 2 (1)

Um Ethical Hacker de sucesso precisa ser, acima de tudo, muito atualizado nas novidades da era digital. Todos os dias surgem novos tipos de programação e códigos diferentes. Assim, se esse profissional não estiver atento a essas atualizações, pode deixar passar diversas falhas no sistema que está acompanhando.

Além disso, outras  características comuns aos bons ethical hackers, seriam o gosto pela leitura. Isso porque a resposta a muitas incógnitas dos projetos com os quais irá lidar estará nas documentações de integração das APIS dos softwares com os quais irá trabalhar. Ou até mesmo nos  artigos de blog compartilhados por colegas de profissão. Então, longas leituras fazem parte de sua rotina.

Persistência também é uma característica indispensável. Isso porque na sua rotina, o ethical hacker precisará testar a mesma coisa de diversas maneiras, até eliminar todas as possibilidades de riscos. Então, se você é o tipo de profissional que persiste quanto tempo e quantas vezes forem necessários até atingir seu objetivo, este tipo de trabalho é para você.

É preciso, também,  dizer que foco e disciplina nos estudos são os divisores de águas entre os profissionais de destaque e aqueles que patinam, patinam, e não saem do lugar. Embora o curso superior seja  dispensável, as certificações internacionais são praticamente um pré-requisito indispensável para esses profissionais.

Nesse sentido, destacamos a  certificação da EC-Council, que é a maior instituição certificadora do mundo e para quem quer atuar nessa área. A  “Certified Ethical Hacker” (ou CEH) é o certificado do setor mais solicitado pelos contratantes no Brasil. Por meio dele, o profissional prova que tem o domínio completo das técnicas de segurança de sistemas e está totalmente apto para assumir os projetos de testes.

Como se tornar um “Hacker do Bem” e ter uma das melhores remunerações do país?

Que investir na profissão de Ethical Hacker é um grande acerto você já conseguiu perceber e deve estar sonhando em se tornar um… Porém, para ter as portas do mercado abertas é preciso trabalhar bastante no seu perfil pessoal. Sabendo disso, separamos aqui o melhor caminho para te ajudar a ingressar nessa área, se liga nas informações abaixo!

Estude, estude, estude! Busque sempre mais informações, aprimore-se e mantenha-se atualizado

Umas das principais características da tecnologia é estar sempre em movimento. Portanto, você, como ethical hacker, também não pode parar no tempo. Uma semana por fora das novidades pode tornar você um profissional obsoleto. 

Por isso, nossa dica é que você crie uma rotina, separando dia da semana e horário para se atualizar. Assim, conseguirá estar preparado para todas as novidades que chegarem e também transparecer o quanto é antenado nas novidades e sedento por mais aprendizado, o que é sempre um ponto positivo para os contratantes.

Foque no seu netwkorking  

Ter uma boa rede de networking é uma verdadeira mina de ouro para quem deseja ingressar nessa área. Sabe aquele papo de conhecer pessoas que sabem de algum job e acabam indicando você? Isso realmente funciona e pode abrir a grande oportunidade de garantir suas primeiras experiências na área. 

Por isso, nossa dica é que você frequente cursos, treinamentos, palestras, congressos, seminários e atualize seu perfil nas redes sociais, contando a todos os seus contatos sobre sua área de atuação. Assim, logo você vai conhecer alguém, que conhece alguém, que precisa de um ethical hacker, como no caso de nossos alunos!

Autoavalie-se para descobrir as skills que já possui e liste as que precisa desenvolver

Para montar aquele currículo dos sonhos, nada melhor que o autoconhecimento. Sendo assim, procure descobrir o que você sabe fazer de olhos fechados e o que precisa melhorar dentro dessa área.

Com isso, poderá investir nos pontos certos para atingir alta performance e chamar a atenção das grandes empresas. Para listar as skills técnicas, sugerimos conferir a  grade dos cursos preparatórios para as certificações internacionais:  este é um bom norte.

Crie um plano para desenvolver as skills pessoais

Embora o ethical hacker atue de forma muito técnica, há um combo de skills pessoais que são indispensáveis aos bons profissionais desta área. Como já vimos, ser atualizado, ter gosto pela leitura, ser persistente e ter disciplina e foco na aprendizagem são as skills básicas.

Mas, cada empresa possui sua cultura e seus valores, exigindo diferentes perfis. Para estar apto a mais oportunidade, nossa dica é conferir o texto de anúncio de vagas desta área no perfil de empresas que gostaria de trabalhar para entender o que você precisa desenvolver mais no seu perfil pessoal. 

Busque as melhores certificações do mercado para as skills técnicas

Mesmo que saiba fazer de tudo, seus contratantes vão querer provas de que você é um ethical hacker proficiente, que sabe o que está fazendo. Sendo assim, é preciso garantir as certificações internacionais indispensáveis que essa profissão exige, como a CEH da EC-Council, que citamos acima.

Para facilitar a aprovação na prova de obtenção do certificado, que tende a ser bem difícil para não-especialistas, existem, no mercado, diversos cursos preparatórios. Conheça agora mesmo o o CEH v10 Training & Certification Courses, da Acadi TI. Através dele você estará preparado para  obter essa certificação tão importante logo de cara e encurtar seu caminho até sua primeira contratação como ethical hacker.

Fale com um de nossos Consultores

Related posts